Deputado Filippe Poubel apresenta propostas para reduzir salários do Executivo e Legislativo. - Governador, secretariado e deputados podem ter salário

Propostas preveem que todos tenham parte dos subsídios repassada ao Programa Supera Rio, que garante pagamento de auxílio emergencial no estado.


Depois de uma PEC ser apresentada na Alerj para que servidores com remuneração acima de R$ 11 mil doem parte do salário durante a pandemia, agora, duas outras propostas caminham no mesmo sentido. No entanto, desta vez, as medidas miram os salários de governador, vice, secretários e também de deputados.

O objetivo é que os valores sejam repassados ao Programa Supera Rio (Lei 9.121/2021) para pagamento do auxílio emergencial. As sugestões são de autoria do deputado Filippe Poubel (PSL).

Governador e vice, secretários estaduais e deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) podem ter seus salários reduzidos no período de pandemia Covid-19. É o que defende o deputado Filippe Poubel (PSL), que apresentou medidas para o pagamento proporcional dos vencimentos aos dias em que vigorar lockdown e demais medidas restritivas.

As propostas também estabelecem que a dotação orçamentária oriunda da redução dos vencimentos deverá ser, obrigatoriamente, repassada ao Programa Supera Rio (Lei 9.121/2021) para pagamento do auxílio emergencial.

“O governador e os deputados devem servir de exemplo para a sociedade, é mais do que justo que os salários do Executivo e Legislativo sejam reduzidos no período em que trabalhadores estão sendo impedidos de trabalhar, muitos passando fome e sofrendo com graves necessidades por causa da imposição do lockdown”, afirma Filippe Poubel. 

Através de indicação legislativa, o deputado pede que o governador, vice e secretários tenham deduzido dos seus subsídios o valor correspondente à remuneração, proporcionalmente, pelo igual período em que forem decretadas medidas restritivas de fechamento de estabelecimentos comerciais e de circulação de pessoas (lockdown). Com a mesma finalidade, mas relacionada aos deputados, Filippe Poubel apresentou um decreto de projeto legislativo.

É a segunda tentativa de Filippe Poubel em diminuir salários durante a pandemia do coronavírus. No ano passado, ele propôs redução em 50% nos vencimentos dos deputados com utilização da quantia restante no combate à Covid-19. A proposta, no entanto, não prosperou na Alerj.

“Atravessamos o momento mais crítico da pandemia. Já passou da hora de cortar na própria carne em favor de homens e mulheres que estão sendo impedidos de trabalhar, pessoas que dependem do trabalho de dia para comer à noite. É muito triste e revoltante impor lockdown sem assegurar a renda de trabalhadores”, conclui o deputado Filippe Poubel. 

Categoria:Política

Deixe seu Comentário