Prefeitura de Búzios promove Seminário sobre Saúde Cannabica

A Prefeitura de Búzios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, da Abracannabis,  e da 61ª sub-seção da OAB/Búzios, promovem o “1º Seminário sobre a Cannabis Medicinal em Búzios”. O evento vai acontecer nos dias 26 e 27 de outubro, das 9h às 17 h, no Hotel Atlântico Búzios.

O Seminário tem como objetivo central informar, a partir de uma abordagem médica jurídica e social, a aplicação deste fitoterápico na atualidade. No seminário, será feita a apresentação de estudos de casos e o avanço de sua liberação junto ao poder judiciário para casos específicos de terapia alternativa para várias doenças.

As inscrições já estão abertas, são gratuitas e podem ser feitas através do email: saudecannabicabuzios@gmail.com

A Cannabis Sativa é reconhecida como planta medicinal pela Agência de Vigilância Sanitária – Anvisa ,  através da Resolução nº 156, publicada no Diário Oficial da União, em 8 de maio de 2017. A planta vem provocando inúmeros debates no país, sobre seu uso medicinal, sendo pauta inclusive de diversas audiências públicas realizadas pela Anvisa , desde o primeiro semestre de 2019.

A Abracannabis (Associação Brasileira para Cannabis) é uma entidade civil com atuação nas áreas científica, farmacêutica, médica, jurídica, psicológica e de abordagem multidisciplinar. De acordo com a entidade, na prática o remédio está liberado, desde que haja prescrição por médicos capacitados e o paciente esteja devidamente registrado na Anvisa. O paciente deve importar o medicamento, cujos preços hoje variam de mil e setecentos a 3 mil reais o frasco, para uma aplicação em média de 2 meses.

Pacientes em tratamento de Autismo, Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson, Fibromialgia, efeitos da quimioterapia e radioterapia, dentre outras ocorrências, que não respondem à medicação tradicional, cada vez mais recorrem à terapia com a cannabis, como forma de melhorar sua qualidade de vida, na manifestação destas patologias.

Esta iniciativa por parte do atual secretário de Saúde, Yuri Pascoal, se insere no rol de políticas públicas de saúde em que o direito à saúde deve ser exercido em sua plenitude, considerando tanto a medicina tradicional, como aquela oferecida pela farmacopeia brasileira. 

O Hotel Atlântico fica localizado na Estrada da Usina Velha, R. Morro do Humaitá nº 294, no Centro.

A Programação conta com diversos especialistas entre médicos, advogados e psicoterapeutas. Segue a lista com os participantes do Seminário:

Daniel Zarur – Formado em Administração pela PUC-Rio e Pós-graduando em Responsabilidade Social e Terceiro Setor pelo Instituto de Economia pela UFRJ e Coordenador da Abracannabis.

Bernardo Monteiro – Formado em Administração pela ESNS e Diretor de Cultivo da Abracannabis – Associação Brasileira para Cannabis e criador da marca Forester Indoor.         

Pedro Zarur – Engenheiro Eletricista formado pela Universidade Gama Filho, especialista em automação de sistemas elétricos com mestrado pela COPPE-UFRJ. Ativista paciente e cultivador da cannabis medicinal, com autorização judicial ao auto cultivo. Atuando como diretor executivo da Abracannabis.

Dr. Lauro Pontes – Doutor em psicologia pela UERJ, professor de neurofisiologia, psicopatologia, psicologia social USU, coordenador da ABRACANNABIS e autor do livro – “Maconha Terapêutica, controvérsias, versos e vivências”.

Monique Prado – Bacharel em Segurança Pública e mestre em sociologia e direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Assessora Parlamentar no âmbito de políticas de drogas, ativista antiproibicionista e membro do coletivo “Marcha das Favelas”.

Yuri Motta – Bacharel em Políticas Públicas pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Mestre em Segurança Pública, Pós-Graduação em Sociologia e Direito da UFF, atualmente doutorando pelo mesmo programa. Membro staff da Abracannabis (Associação Brasileira para Cannabis).

Dr. Ricardo Ferreira – Médico com especialização em cirurgia da coluna e clínica da dor (UFRJ/INCA), MBA executivo em gestão de saúde, ex-coordenador geral da SBEC – Sociedade Brasileira de Estudos da Cannabis.

Dennys Zsolt Santos – Engenheiro Agrônomo (UFRRJ) – Gestor de Pesquisa e Produção de Plantes Medicinais (Instituto Vital Brazil S/A) –  Coordenador Técnico do FEEA/SENGE-RJ  – Fórum Estadual do Engenheiros Agrônomos do Rio de Janeiro.

Dr. Marcos Verissimo – Doutor em antropologia pela UFF, pesquisador associado ao Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos (INCT-InEAC). Autor do livro “Maconheiros, fumons e growers: um estudo comparativo do consumo e do cultivo de canabis no Rio de Janeiro e em Buenos Aires”, resultado de sua tese de doutorado.

Marcela Goldschimt – Advogada Criminalista na Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas, onde também é coordenadora da área criminal no Rio do Janeiro. 

Sábado – manhã

“História da maconha e questões psicossociais” – Prof. Dr. Lauro Pontes

– Doutor em psicologia pela UERJ, professor de neurofisiologia, psicopatologia, psicologia social – USU, Coordenador da associação brasileira para Cannabis, ABRACANNABIS, Cordenador do curso de extensão em sistema endocanabinóide da Universidade Santa Úrsula, Autor do livro – maconha terapêutica, controvérsias, versos e vivências, editora gramma.

“Questões jurídicas” –  Dr. Marcela Goldschimt

Advogada Criminalista na Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas, onde também é coordenadora da área criminal no Rio do Janeiro.  Ex – estagiária Forense do Ministério Público do Rio de Janeiro. Pós-Graduanda em Direito Penal Empresarial e Criminalidade Complexa pelo IBMEC.

Almoço

Sábado – tarde

“Aspectos Médicos e farmacêuticos”Dr. Eduardo Faveret e Dr. Ricardo Ferreira

Domingo

Mesa de debate e apresentação de casos médicos – Dra. Vanessa Matalobos e Dra. Elizabeth Cardoso

“Botânica e técnicas de cultivo” –  Pedro Zarur e Daniel Zarur

Pedro Zarur – Engenheiro Eletricista formado pela Universidade Gama Filho, especialista em automação de sistemas elétricos com mestrado pela COPPE-UFRJ. Ativista paciente e cultivador da cannabis medicinal, com autorização judicial ao auto cultivo. Atuando como diretor executivo da Abracannabis.

Daniel Zarur – Formado em Administração pela PUC-Rio e pós-graduando em Responsabilidade Social e Terceiro Setor pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ativista da cannabis medicinal, atua como coordenador da Abracannabis, associação de pacientes.

“Técnicas de cultivo e estruturas” – Bernardo Monteiro

Formado em Administração pela ESNS – Escola Superior Nacional de Seguros, formando em Design de Produto pelo IED – Istituto Europeo di Design, Diretor de Cultivo da Abracannabis – Associação Brasileira para Cannabis  e criador da marca Forester Indoor.    

“Controle de pragas” – Dr. Dennys Zsolt Santos

Engenheiro Agrônomo (UFRRJ) – Gestor de Pesquisa e Produção de Plantas Medicinais (Instituto Vital Brazil S/A) – Consultor em Desenvolvimento de Cadeias Produtivas de Plantas Medicinais (Herbarium Laboratórios Botânicos) e Coordenador Técnico do FEEA/SENGE-RJ  – Fórum Estadual de Engenheiros Agrônomos do Rio de Janeiro.

Categoria:Buzios News

Deixe seu Comentário