HENRIQUE GOMES ASSUME PREFEITURA DE BÚZIOS E MUDA SECRETARIADO

Vice tomou posse na manhã desta segunda-feira (13) após despacho judicial no domingo (12)


Armação dos Búzios já tem novo prefeito desde a manhã desta segunda-feira (13). Henrique Gomes (DEM), que era o vice, assumiu o executivo por determinação do juiz municipal Raphael Badinni, que despachou neste domingo (12) um mandado de intimação para que o então prefeito André Granado (MDB) fosse imediatamente afastado do cargo. André foi condenado por improbidade administrativa. Ano passado ele chegou a ficar 50 dias afastado, tendo Henrique Gomes assumido, mas voltou.

André já havia sido mandado a sair do cargo por deliberação judicial várias vezes. Na última delas, há cerca de um mês, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro emitiu um documento informando que Granado havia perdido o prazo para apresentar apelação no processo de suposto ato de improbidade administrativa.

Já no comando da prefeitura nesta segunda, Henrique Gomes afirmou que vai mudar todo o secretariado, pelo menos 99% dele, já que a parte de Comunicação será mantida com Victor Vianna a frente. 

O prefeito adiantou alguns nomes nessa peneira que fará nesse primeiro momento: Robinho Mota, homem forte de HG, volta a ser chefe de gabinete. Na secretaria de Serviços Públicos assume Geraldo Borges, que também vai comandar, interinamente, a pasta de Ordem Pública. Para a secretaria de Ação Social, Trabalho e Renda o escolhido foi Rafael Fonteneles. Cristiano Marques será o secretário de Turismo e para comandar a pasta da Educação, Felipe Lopes.

Segundo disse Henrique Gomes, as mudanças no primeiro escalão são a maior necessidade, antes mesmo de começar os trabalhos. "A mudança tem que ser completa e tem que ser feita. Meu estilo de trabalho é outro", reforçou o prefeito de Búzios, completando que um enxugamento nos cargos também vai acontecer.

"O inchaço da máquina é que inviabiliza de fazer obras, por exemplo, de ofertar uma merenda de qualidade, de comprar medicamentos, de colocar professores nas escolas, entre outras questões", completou Henrique Gomes. "Mas a população pode esperar o meu melhor. Todos me conhecem e sabem como eu trabalho. Eu vejo a Prefeitura como uma empresa: ela tem que dar lucro e o lucro ser revertido à sociedade, ou seja, não faltar medicamento, dar uma educação de qualidade, reformar as escolas que estão sucateadas", finalizou.

Categoria:Buzios News

Deixe seu Comentário