CENTRAL DE ABASTECIMENTO EM SÃO PEDRO PODE GERAR ATÉ DOIS MIL EMPREGOS EM FEVEREIRO

Em tempos de desemprego em alta, um canteiro de obras é um oásis em meio a um deserto para os trabalhadores em busca de uma nova ocupação. Numa área de 90 mil metros quadrados, será construído um grande centro de distribuição de alimentos e logística, em São Pedro da Aldeia, município com 110 mil habitantes, na Região dos Lagos. A expectativa das autoridades locais é gerar dois mil postos de trabalho diretos e indiretos. Com o início das obras, as contratações já começaram, segundo os responsáveis pelo empreendimento.

O lançamento oficial da pedra fundamental das futuras instalações do Centro de Abastecimento de São Pedro da Aldeia (Ceasp) acontecerá nos dias 7 e 8 de fevereiro. A previsão é que a primeira etapa de construção seja concluída até o fim de 2020, com 156 boxes e 28 lojas para a comercialização de hortifrútis, pescados, bebidas e flores, entre outras mercadorias. A segunda fase prevê a construção de uma área de comércio e lazer, com cafeteria, restaurantes e lanchonetes, em 86 boxes.

O Ceasp ficará às margens da Rodovia Amaral Peixoto, no Km 116, no bairro São Mateus. A expectativa é de atender cerca de 12 municípios da região, como Saquarema e Carapebus. De acordo com o projeto, o espaço contará com seis galpões, pórtico de entrada, espaço dos funcionários e estacionamento, além de um espaço destinado ao comércio de produtos orgânicos e uma área voltada para o pequeno agricultor da região, entre outros ambientes.

— Os grandes produtores saem da região para buscar produtos hortifrutigranjeiros no Grande Rio e em Nova Friburgo. Depois da inauguração do centro de abastecimento, não haverá mais necessidade de fazer este deslocamento. Esperamos movimentar a economia local e estimular a empregabilidade, com a contratação de mão de obra dentro do próprio município — avaliou Cláudio Chumbinho, prefeito de São Pedro da Aldeia.

VEJA COMO SE CANDIDATAR

As contratações para a construção do empreendimento começaram com cerca admissão de 50 trabalhadores que estão atuando no canteiro de obras. Os responsáveis pelo empreendimento estão recebendo currículos de interessados e estimam que serão necessários profissionais com diferentes perfis durante todas as etapas do projeto, entre eles seguranças, manobristas, técnicos administrativos e de atendimento, além de bombeiros eletricistas, auxiliar de serviços gerais entre outros.

O centro de abastecimento também vai contar com áreas destinadas a produtores rurais da região e um espaço para caminhoneiros. A estimativa de investimento do empreendimento é de R$ 30 milhões, nos próximos dois anos. A expectativa é para a instalação de cerca de 300 empresas no local — Os boxes já começaram a ser comercializados em uma a região considerada ponto estratégico para atender o interior do Estado do Rio — avalia Ivan Andrade, um dos idealizadores do projeto. Os interessados em vagas de trabalho podem enviar currículos através do e-mail contato@ceasp.com.br.

©Plantão dos Lagos
Fonte: Jornal Extra
Fotos: divulgação

Categoria:Econômia

Deixe seu Comentário